Grupo Deutsche Post DHL treina voluntários da Equipe de Resposta a Desastres no Brasil


  • Cerca de 60 colaboradores voluntários da DHL e 10 representantes da Cruz Vermelha Brasileira participaram do treinamento da DRT (Disaster Response Team) em Cotia, Grande São Paulo
  • Voluntários são treinados para fornecer apoio logístico em aeroportos e promover ajuda humanitária, a fim de se preparar para esforços de resposta a desastres e socorro no Brasil

O grupo Deutsche Post DHL, líder mundial em logística, associou-se à Organização das Nações Unidas (ONU) desde 2005 para fornecer à ONU e às organizações de gestão de desastres em âmbito nacional assistência gratuita na gestão de logística aeroportuária e armazenagem em casos de ajuda de emergência durante os esforços de recuperação de catástrofes naturais. Quase 600 voluntários treinados da DHL trabalham em equipes de resposta a desastres (DRT) em todo o mundo, prontos para serem acionados no prazo de até 72 horas após o incidente.
De 23 a 25 de agosto de 2019, quase 60 colaboradores voluntários da DHL e 10 representantes da Cruz Vermelha Brasileira participaram do treinamento da DRT em Cotia, Grande São Paulo. O treinamento prepara voluntários para fornecer apoio logístico no deslocamento de suprimentos de ajuda humanitária em aeroportos durante os esforços de recuperação de incidentes graves. 

O grupo Deutsche Post DHL firmou um Acordo de Colaboração com a Cruz Vermelha Brasileira para fornecer serviços de DRT, quando solicitado, a fim de ajudar a organização na resposta a desastres naturais no Brasil. "A Cruz Vermelha Brasileira está muito satisfeita por firmar essa parceria estratégica com a DHL. A parceria fornece importante apoio logístico para ajudas humanitárias oferecidas durante as atividades de recuperação de catástrofes. A participação no recente treinamento de DRT da DHL fortaleceu ainda mais nossa parceria e, mais importante, forneceu uma capacitação inestimável a nossa equipe e voluntários para que estejam mais bem preparados para agir nestas situações", disse Júlio Cals de Alencar, presidente nacional da Cruz Vermelha Brasileira.

Quando acionada, a DRT ajuda a evitar gargalos nos aeroportos mais próximos das áreas afetadas, garantindo o fluxo ininterrupto de suprimentos essenciais - como alimentos, remédios e kits de higiene - mesmo sob as mais difíceis circunstâncias.
"Nossas equipes de DRT são formadas por voluntários altamente treinados que fornecem conhecimentos logísticos para auxiliar a coordenar a ajuda humanitária no sentido de ampliar o alcance às vítimas. Isso garante um processamento eficiente da ajuda humanitária nos aeroportos, bem como sua preparação para o transporte até os mais necessitados", disse Gilberto Castro, diretor sênior de operações da Colômbia e diretor da DRT nas Américas da DHL. O programa passou a contribuir com os esforços de resposta a emergências no Brasil desde que a equipe foi acionada pela primeira vez em Mariana, no estado de Minas Gerais, em novembro de 2015 - logo após o ocorrido na barragem da cidade mineira. A primeira equipe de DRT no Brasil foi estabelecida e treinada em 2011.


Entradas populares de este blog

La seguridad de los datos biométricos: es posible modificar una contraseña pero no cambiar quién eres

La Casa del Futuro Cómo crear una infraestructura que garantice la mejor calidad de conexión a Internet

Creando una Cultura de Innovación