Wittel auxilia empresas que precisam se preparar para a nova Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD)

Com a solução de Chatbot, é possível interagir diretamente com o cliente e esclarecer as dúvidas existentes


Segundo estudos da SonicWall Security Center,  pertencente à SonicWall, empresa de segurança da informação que protege mais de um milhão de redes em todo o mundo, até julho de 2018, 175 milhões de ataques de malware e 95 milhões de tentativas de invasão foram identificados no Brasil. Esses dados são um alerta para a necessidade cada vez mais crescente da proteção de dados de empresas e pessoas.

Diante desse cenário, e somado ao fato de que as companhias precisam se adequar, até agosto de 2020, à nova Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), a Wittel, empresa especializada em soluções para comunicação corporativa, oferece serviços para atender às companhias que precisam estar preparadas e devidamente respaldadas no que diz respeito à infraestrutura adotada. Para tanto, é de vital importância dar início aos preparativos para cumprir aos requisitos de compliance e de como irão auxiliar seus clientes no atendimento à nova lei. As punições a quem não seguir a legislação podem chegar a 2% do faturamento da empresa e o limite da multa atingir o montante de R$ 50 milhões.

Um ponto importante que a LGPD aborda é quanto à  questão dos Termos de Uso de Aplicativos ou Serviço, onde estudos indicam que as pessoas não têm o hábito de ler os termos e apenas concordam com todo o conteúdo. A nova lei proíbe a utilização de termos genéricos e muito extensos, obrigando as empresas a deixar explícito os tipos de dados que ela precisa e para qual finalidade esses dados serão utilizados. Por outro lado, a lei não se prende apenas ao texto, sendo possível utilizar alguns meios para obter o consentimento do cliente. E é exatamente nesse ponto que a Wittel pode auxiliar as empresas.

Uma das soluções é o Chatbot, assistente para respostas automáticas que compreende a linguagem natural do usuário e pode ser programado para integrar sistemas da empresa e emitir relatórios, para detecção de falhas e geração de KPIs (Key Performance Indicators). A partir de pesquisa de satisfação e gerenciamento on-line das respostas, o chatbot pode ser otimizado e personalizado para atender com agilidade as demandas mais simples, possibilitando a aplicação do capital humano em problemas mais complexos. A Wittel conta com colaboradores altamente treinados e capacitados para a execução das tarefas dimensionadas. Com a solução de Chatbot, é possível auxiliar no entendimento dos termos de uso, com interação direta com o cliente, além de esclarecer as dúvidas existentes. Para empresas que possuem um atendimento diferenciado, essa interação poderá ser feita por meio de uma chamada de vídeo ou de voz.

“A chegada da LGPD é uma oportunidade para que as empresas avancem no tratamento de seus dados internos e de seus clientes e provedores. E, nesse aspecto, a Wittel pode colaborar de forma segura, rápida e responsável para reduzir custos com a aplicação de soluções que atendam às necessidades da nova legislação”, afirma Sérgio Camilo, vice-presidente comercial da Wittel.

A Wittel também é responsável pela criação da exclusiva plataforma “WE-Tools”, que conta com dois pilares principais: gerenciamento/manutenção preventiva na infraestrutura e consultoria contínua sobre o uso das aplicações. Por meio do “WE-Tools” em todas as suas áreas de atuação – Contact Center, Colaboração e Conferência, Insights, Trading Floor e Plataforma de Serviços –, é possível analisar processos internos e apontar novos caminhos para ampliar eficiência e produtividade. Outra funcionalidade do “WE-Tools é a capacidade de personalizar o atendimento de demandas. A plataforma “WE-Tools” é oferecida em quatro módulos: Intelligent Services, que permite o desenvolvimento de ações para gerar mais aderência e valor ao negócio; Remote Service Monitoring, capaz de se antecipar aos incidentes e manter a disponibilidade e o desempenho da solução; Management Services, que disponibiliza recursos exclusivos alocados no cliente, além do módulo Support Services, que repara as falhas identificadas pela Wittel ou reportadas pelo cliente.

Entradas populares de este blog

Bienestar | Hábitos saludables para el trabajador freelancer

Qué es BPO ?

Por cuarto año consecutivo BMC se posiciona como líder en el Cuadrante Mágico de Gartner en Gestión de Servicios de TI