1, 2, 3 e já! Tire os planos do papel!

Braulio Lalau de Carvalho (*)

Você já notou como as crianças são decididas quando querem algo? Não tem essa de deixar para depois. Em qualquer brincadeira, logo lançam o famoso grito de guerra: 1 2, 3 e já e...pronto. Se errou ou não deu certo, na grande maioria das vezes, elas não estão nem aí, começam de novo e tentam até conseguir.
Já fomos crianças e sabemos que funciona assim mesmo. Mas por que nem sempre conseguimos aplicar isso na nossa vida de adulto?
Aposto que você fez um monte de planos para o ano novo, mas arrisco a dizer que provavelmente ainda não tirou nenhum do papel ou da esfera mental. Errei?

Pare de se preocupar com a opinião alheia
Muitas vezes, deixamos de dar início a um novo projeto, seja ele pessoal ou profissional, porque ficamos pensando na aceitação das pessoas.
Por exemplo, muitos executivos têm vontade de compartilharem suas ideias nos canais sociais que temos hoje, mas não fazem isso porque sentem vergonha ou receio do que as outras pessoas podem achar.
É o tão temido medo do julgamento. Se é a sua vontade, esqueça tudo isso e vá em frente. Se tem medo de errar, contrate o apoio de pessoas especializadas no assunto para apoiá-lo no projeto. A chance de dar errado ou se expor inadequadamente diminui bastante.

Deixe o perfeccionismo de lado
Outro motivo que impede as pessoas de tirarem o plano do papel é o excesso de perfeccionismo. Não tenho dúvida de que o perfeccionismo é importante para uma entrega de qualidade. Quem é minucioso pode ser, também, um bom líder devido à exigência que terá sobre sua equipe.
No entanto, apesar de ser uma qualidade, a preocupação exagerada com pequenas coisas pode causar uma série de problemas, como a inércia, por exemplo.
Tenha em mente que a perfeição não existe. Às vezes, o mais certo é colocar um projeto para rodar, mesmo que não esteja 100% como gostaria, e ir ajustando aos poucos.

Arrisque mais
Você não tem controle sobre todos os riscos. Na verdade, não temos controle sobre nada na vida. Só achamos que temos. Sendo assim, sugiro que você se arrisque mais. A partir do momento que sabe o que quer, comece a agir. Não tenha medo. É preciso arriscar para ter sucesso.
E o primeiro passo é tirar os planos do papel. Ainda estamos no começo de ano, portanto faça desse ciclo uma etapa inesquecível para a sua vida. Sempre temos chance de melhorar, crescer, inovar e fazer acontecer. E a sua hora é agora!

 (*) Braulio Lalau de Carvalho é CEO da Orbitall, empresa do Grupo Stefanini

Entradas populares de este blog

Ya llega el Analytics Summit de DACA by amdia

LIDE llevó a cabo la segunda edición del Forum Nacional de Talento

La Economía Humana: El nuevo paradigma que cambia la relación entre el ser humano y el dinero