#Futurecom2018 | Futuro das telecomunicações em discussão no Futurecom

Autoridades governamentais e executivos de grandes empresas discutem o futuro das telecomunicações

Abranet debate o papel das startups na nova economia neste primeiro dia. Uma das principais atrações é a robô humanóide Anny

Resultado de imagen para Futurecom 2018Vinte anos após a abertura do mercado de telecomunicações no Brasil, representantes de grandes corporações, especialistas e autoridades do Governo se reúnem na  , maior e mais importante evento de tecnologia e telecomunicações da América Latina.  Entre os temas discutidos, estão as tecnologias disruptivas que impactarão o setor nos próximos anos. Na solenidade de abertura desta noite, estarão presentes Gilberto Kassab, ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC); Marcos Jorge Lima, do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços; Ricardo Bocalon, secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação de São Paulo; Juarez Quadros, presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Marco Basso, presidente da Informa Exhibitions. Também confirmaram presença presidentes das operadoras, entidades representativas e outras autoridades.

Ao longo desta segunda-feira, 15/10, já ocorrem nas dependências do São Paulo Expo os pré-eventos, realizados pela Abranet, 5G Americas e GSMA e que abordam, entre outros temas, mobilidade urbana, economia compartilhada, tecnologia 5G, inovação, agronegócio e inteligência artificial.

Futurenet debate o papel das startups na nova economia
A Associação Brasileira de Internet (Abranet) promove neste primeiro dia o Futurenet, integrando em um mesmo evento as ideias de startups e universidades com empresas de Internet consolidadas em seus mercados. “É uma oportunidade para que os empreendedores repensem seus negócios e criem novos serviços para atender a demanda crescente da nova economia”, afirma a associação.
Pela manhã, foram discutidos casos práticos de inovação de empresas de Internet, que atuam nas áreas de mobilidade urbana, economia compartilhada, agronegócio, sustentabilidade, segurança pública e privada. Um dos destaques foi o painel sobre a revolução das agrotechs, proferida por Rogério Cavalcante, CEO da Sintecsys. Segundo levantamento da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), o agronegócio contribuiu com 23,5% do PIB do Brasil em 2017. As exportações de produtos agrícolas somaram US$ 96,01 bilhões, representando aumento de 13% em relação a 2016 e garantindo um saldo positivo para a balança comercial, ratificando a relevância do setor para a economia nacional.
É nesse contexto que se tornam fundamentais opções inovadoras e criativas, que utilizem a tecnologia para analisar riscos, identificar oportunidades e reduzir custos com maior eficiência. Nos Estados Unidos, as agrotechs receberam mais investimentos em 2017 que nos dois anos anteriores combinados. Foram injetados mais de US$ 700 milhões em agrotechs em 2017, contra US$ 332 milhões em 2016 e US$ 233 milhões em 2015, conforme dados veiculados pela revista Financial Times. O Futurenet é uma ótima oportunidade para debater como as empresas e as instituições estão se preparando para este novo momento no Brasil e América Latina.

Robô humanóide Anny está no Futurecom
Uma das atrações que chama a atenção na 20ª edição da Futurecom é a Anny, primeira robô humanóide hiper-realista com inteligência artificial disponível para venda no mercado global. Fluente em inglês, Anny está aprendendo o português para, em 2019, chegar com tudo no mercado brasileiro e ajudar empresas a modernizarem seus negócios.  Focada no atendimento presencial ao consumidor, Anny pode atuar em diversos setores como, por exemplo, saúde e hotelaria. Além disso, a robô também pode ser acompanhante de idosos e pessoas com deficiência. Anny foi desenvolvida pela Realbotix em sociedade com a NextOS do Brasil e a Daxtron dos Estados Unidos. No Futurecom, Anny está no estande da Realbotix para recepcionar os visitantes do evento. Além disso, o robô consegue se apresentar, dar breves explicações sobre suas funções, aplicações e futuro.

Entradas populares de este blog

Bienestar | Hábitos saludables para el trabajador freelancer

Por cuarto año consecutivo BMC se posiciona como líder en el Cuadrante Mágico de Gartner en Gestión de Servicios de TI

NICE registra aumento de ingresos de nube en un 20% y en beneficio operativo del 16% con relación al año anterior