Você já conhece o pós-consumidor?

Por Braulio Lalau de Carvalho
CEO da Orbitall, empresa do Grupo Stefanini


O Dia do Cliente, comemorado no dia 15 de setembro, foi criado para estreitar as relações entre as empresas e seus consumidores, além de ser uma oportunidade para agradecer a confiança e, muitas vezes, a fidelidade à marca. 

Em constante transformação, o novo perfil de consumidor, também chamado de pós-consumidor, é inquieto e ainda mais exigente. Quer ser atendido em diversos canais e busca agilidade – quase em tempo real – para elucidar suas dúvidas e atender suas demandas.

Segundo o guru do comportamento do consumidor, Michael Solomon, professor de marketing da Saint Joseph’s University, cada vez menos os clientes estão fiéis às marcas e as empresas precisam se reinventar a todo o momento, mostrar clareza nas campanhas e colocar transparência em tudo o que fazem. Tudo se tornou muito diferente do que vivenciamos nos últimos anos. E isso ocorre porque muitas mudanças culturais e tecnológicas redefiniram os processos e metodologias dentro das empresas.

Um dos pontos que as empresas precisam entender é que não existe uma faixa etária exclusiva para ser considerado um pós-consumidor. Essa nomeação está ligada ao mindset do seu público, que está constantemente rompendo padrões. O pós-consumidor deseja fluidez no momento da sua compra, transparência, respeito às mais diversas etnias, ao meio ambiente e à igualdade de gênero, além de muita autenticidade nas campanhas.

Neste novo cenário, temos como principal meta conquistar nossos clientes de maneira única e diferenciada. Porém, precisamos estar atentos aos seus movimentos e formas de interações. O pós-consumidor quer exclusividade, personalização e uma experiência surpreendente no momento de sua compra.

Entradas populares de este blog

Qué es BPO ?

La final Boca-River dispara las búsquedas de vuelos a Dubai

Soft skills: habilidades blandas en las organizaciones