Wittel anuncia oferta para o mercado de pequenas e médias empresas

Com o objetivo de atender ao mercado com soluções que viabilizem uma comunicação unificada e, sobretudo, facilite os processos dos clientes, a Wittel lança ofertas direcionadas para o mercado de pequenas e médias empresas no Brasil, que contemplem a mesma cultura de excelência oferecida às grandes empresas. 

Como a aquisição da tecnologia muitas vezes exige um investimento alto, a empresa, que completou 25 anos em 2017, conta com o modelo as a service, ideal para operações a partir de 20/25 pessoas. A reformulação da central de atendimento com a integração de soluções é rápida – de 6 a 8 semanas, dependendo do projeto. 

Andrea Fechio
“Muitas empresas do segmento SMB acreditam que as soluções de Analytics são restritas às grandes corporações, seja pela sofisticação ou pelo custo. O que queremos mostrar é que a nossa solução é aderente a qualquer tamanho de empresa, independente da área de atuação”, afirma Andrea Fechio, Customer Experience Manager da Wittel. 

Segundo ela, muitas vezes a ineficiência em uma central de atendimento não está relacionada à falta de habilidade do agente, mas sim a falta de estrutura que a empresa fornece para acompanhar e compreender a jornada do cliente, e principalmente, apresentar uma solução de forma eficiente. “Atender bem gera economia, pois de 15% a 20% das rechamadas ocorrem porque o consumidor não recebeu a resposta correta ou não se sentiu satisfeito com as informações”, destaca.

A Wittel conta com uma plataforma omnichannel, que integra todos os canais de interação, desde plataforma de telefonia (incluindo URA), aos canais eletrônicos chat, e-mail, SMS e redes sociais. Assim, o agente tem a visão consolidada de todas as interações em uma única tela. “Além de garantir uma melhor experiência ao cliente, que se sente visto e acolhido pela central de atendimento, a tecnologia por trás da plataforma da Wittel contribuiu para redução dos custos para as empresas”, acrescenta Fechio.
Para Fernando Jardim Filho, sócio e responsável pela área de marketing da Wittel, a empresa precisa atender bem o cliente no canal que ele escolher, não naquele de preferência da empresa. “É preciso oferecer uma experiência completa em uma única plataforma com todos os canais”.

A oferta para o segmento de pequenas e médias empresas também contempla redução de tempo no atendimento ao cliente e escalabilidade, ou seja, uma empresa com 20 PAs pode se transformar em 200 quando houver esta demanda. “O cliente não precisa se preocupar com isso. É responsabilidade da Wittel ampliar a estrutura de atendimento, especialmente em momentos de pico para o cliente, como na proximidade das festas de final de ano”, explica Sergio Camilo, vice-presidente comercial da Wittel. 
A Wittel conta com uma plataforma central, “WE Tools” (Wittel Engagement Tools), que conecta todos os produtos e serviços. Por meio do Intelligent Center, que faz a conexão entre os objetivos dos clientes a utilização de ferramentas contratadas, é possível monitorar se a empresa está utilizando bem todas as ferramentas contratadas.  Se a Wittel percebe que o cliente não está utilizando todo o potencial das ferramentas, a equipe de consultoria elabora planos de ação e realiza uma nova abordagem para melhorar a performance

“Muitas vezes, as pessoas não têm noção da potência da solução contratada na geração de inputs e insights estratégicos. Cuidamos para que as empresas usem as soluções ao máximo e extraiam indicadores de inteligência que poderão contribuir no sucesso dos negócios”, complementa Andrea Fechio.




Entradas populares de este blog

Bienestar | Hábitos saludables para el trabajador freelancer

Por cuarto año consecutivo BMC se posiciona como líder en el Cuadrante Mágico de Gartner en Gestión de Servicios de TI

NICE registra aumento de ingresos de nube en un 20% y en beneficio operativo del 16% con relación al año anterior