23 febrero 2018

NICE tem resultado financeiro robusto em 2017 com 31% de crescimento na receita anual e 14% de aumento no lucro por ação


Receita com Cloud excedeu US$ 100 milhões no quarto trimestre de 2017
Empresa registra recorde no fluxo de caixa operacional de quase US$ 400 milhões

​​
NICE (NASDAQ: NICE)​ anunciou os resultados para o quarto trimestre e para o ano de 2017, que se encerrou em 31 de dezembro de 2017.
Destaques Financeiros de 2017:

“Terminamos o ano positivamente, resultado de um bom momento em toda a empresa”, disse Barak Eilam, CEO da NICE. "O bom desempenho em 2017 é atribuído à execução bem sucedida, que está em andamento há um ano do nosso plano estratégico NICE2B.”

"Avançamos confiantes nas oportunidades futuras. O mercado em que podemos atuar cresceu cinco vezes; a nuvem, que no momento representa aproximadamente 30% de nossa receita total, deverá crescer para mais de 50% de nossa receita total nos próximos anos; o mercado de ‘analytics’, que empurrou nosso crescimento, continuará a se expandir com a introdução de uma estratégia go-to-market eficaz para alcançar todos os segmentos do mercado, tanto empresas pequenas quanto grandes. Estamos entrando em 2018 impulsionados pelo ano anterior. Além disso, esperamos terminar este ano com uma taxa de geração de receita em cloud de meio bilhão de dólares e continuar crescendo nossa receita operacional em um ritmo de dois dígitos.”    

Destaques Financeiros (GAAP) para o Quarto Trimestre e para o Ano de 2017, concluído em 31 de Dezembro: 

Os seguintes dados financeiros (GAAP), excluindo-se o fluxo de caixa e o saldo de caixa, são das operações contínuas, que não incluem os resultados das divisões de “Segurança Física” e “Inteligência” (Physical Security and Intelligence Divisions), para os anos de 2017 e 2016.  

Receitas: O total de receitas para o quarto trimestre de 2017 aumentou 21,1% para US$ 392,2 milhões, comparado aos US$ 323,9 milhões no quarto trimestre de 2016. 

As receitas do ano inteiro de 2017 aumentaram 31,2%, para US$1.332,2 milhões, comparado aos US$ 1.015,5 milhões para o ano inteiro de 2016.  

Lucro bruto:
 o lucro bruto e a margem bruta do quarto trimestre de 2017 aumentaram para US$ 268,3 milhões e 68,4%, respectivamente, em comparação com US$ 221,1 milhões e 68,3%, respectivamente, no quarto trimestre de 2016.

O lucro bruto do ano de 2017 aumentou para US$ 863,5 milhões, em comparação com US$ 677,8 milhões e a margem bruta foi de 64,8%, em comparação com 66,7% no acumulado de 2016.

Lucro operacional: o lucro operacional e a margem operacional do quarto trimestre de 2017 aumentaram para US$ 63,2 milhões e 16,1%, respectivamente, em comparação com US$ 37,1 milhões e 11,5%, respectivamente, no quarto trimestre de 2016.

O lucro operacional do ano de 2017 aumentou para US$ 150,1 milhões, em comparação com US$ 134,2 milhões, e a margem operacional foi de 11,3%, comparado a 13,2% no ano 2016.

Receita Líquida de Operações Contínuas: A receita líquida e a margem de receita líquida do quarto trimestre de 2017 aumentaram para US$ 79,4 milhões e 20,2%, respectivamente, em comparação com US$ 30,0 milhões e 9,3%, respectivamente, no quarto trimestre de 2016.

A receita líquida do ano de 2017 aumentou para US$ 143,3 milhões, em comparação com a receita líquida de US$ 123,1 milhões, e a margem foi de 10,8%, em comparação aos 12,1%, para o ano de 2016.

Lucros Por Ação das Operações Contínuas: Os lucros totalmente diluídos por ação para o quarto trimestre de 2017 aumentaram para US$ 1,27, em comparação aos US$ 0,49 do quarto trimestre de 2016. 

O lucro por ação no ano de 2017 aumentou para US$ 2,31, comparado aos US$ 2,02 no acumulado de 2016
.
Fluxo de Caixa Operacional e Saldo de Caixa: o fluxo de caixa operacional do quarto trimestre de 2017 foi de US$ 86,6 milhões. O fluxo de caixa operacional do ano inteiro atingiu US$ 394,7 milhões. No quarto trimestre, US$ 4,1 milhões foram utilizados para recompra de ações, com US$ 24,4 milhões utilizados em todo o ano de 2017 para tal fim. Em 31 de dezembro de 2017, o total de caixa e equivalentes de caixa, investimentos de curto prazo e títulos e valores mobiliários eram de US$ 525,1 milhões, e a dívida total era de US$ 447,6 milhões.
Destaques Financeiros (NÃO-GAAP) para o Quarto Trimestre e para o Ano de 2017, concluído em 31 de Dezembro: 

Os seguintes dados financeiros (NÃO-GAAP) são das operações contínuas, o que exclui os resultados das divisões de “Segurança Física” e “Inteligência” (Physical Security and Intelligence Divisions), para os anos de  2017 e 2016.

Receitas: O total de receitas para o quarto trimestre de 2017 (NÃO-GAAP) aumentou para US$395,8 milhões, um aumento de 20,5% em comparação aos US$328,5 milhões do quarto trimestre de 2016.

O total de receitas (NÃO-GAAP) para o ano todo de 2017 aumentou 30,6%, para US$ 1.345,9 milhões em comparação aos US$ 1.030,3 milhões do ano inteiro de 2016.

Lucro Bruto: o lucro bruto (NÃO-GAAP) e margem de lucro bruto (NÃO-GAAP) do quarto trimestre de 2017 aumentaram para US$ 293,5 milhões e 74,2% respectivamente, de US$ 242,8 milhões e 73,9% respectivamente, em relação ao quarto trimestre de 2016.

O lucro bruto (NÃO-GAAP) para o ano todo de 2017 aumentou para US$ 963,6 milhões, em comparação aos US$ 741,9 milhões e a margem de lucro (NÃO-GAAP) foi de 71,6%, comparado aos 72,0% para o ano todo de 2016.

Lucro Operacional: O lucro operacional (NÃO-GAAP) do quarto trimestre de 2017aumentou para US$ 112,4 milhões, em comparação aos US$ 93,9 milhões, e a margem operacional (NÃO-GAAP) foi de 28,4% comparado aos 28,6 no quarto trimestre de 2016.

O lucro operacional (NÃO-GAAP) do ano todo de 2017 aumentou para US$ 336,3 milhões, em comparação aos US$ 272,6 milhões e a margem operacional (NÃO-GAAP) foi de 25,0% em comparação aos 26,5% para o ano inteiro de 2016.

Receita Líquida das Operações Contínuas: A receita líquida (NÃO-GAAP) no quarto trimestre de 2017 aumentou para US$ 84,5 milhões, em comparação aos US$ 72,4 milhões, e a margem da receita líquida (NÃO-GAAP) foi de 21,3%, comparado aos 22,0% para o quarto trimestre de 2016.

A receita líquida (NÃO-GAAP) para o ano todo de 2017 aumentou para US$ 254,5 milhões, em comparação aos US$ 220,6 milhões e a margem líquida (NÃO-GAAP) foi de 18,9%, comparado aos 21,4% para o ano todo de 2016.

Lucros Por Ação das Operações Contínuas: Os lucros por ação no quarto trimestre de 2017 aumentaram 14,4%, em comparação aos US$ 1,18 no quarto trimestre de 2016.